• Citomed Medicina Diagnóstica

O impacto da alimentação nos resultados dos exames laboratoriais

Atualizado: Jun 29

Os exames laboratoriais fazem parte do diagnóstico e auxiliam para avaliar o estado nutricional, a eficácia do medicamento prescrito e também atuam como instrumento para o profissional monitorar e direcionar o tratamento adequado. A alimentação está ligada diretamente à sua saúde, pois tudo o que você come passa pelo sistema circulatório e existem substâncias nutritivas procedentes da comida que podem interferir nos resultados dos exames.



Algumas vezes, o profissional pode orientar uma dieta prévia e também restringir a ingestão de bebida alcoólica, tabaco, certos suplementos nutricionais e alguns medicamentos antes da realização dos exames. Somente o médico pode orientar a sua medicação, por isso, tire as suas dúvidas e informe se estiver utilizando algum medicamento, suplemento nutricional e até mesmo alguma fórmula natural (à base de ervas).


Jejum para exames quer dizer “não comer ou beber líquidos (exceto a água que pode ser ingerida normalmente) pelo tempo requisitado para o exame”. Caso seja solicitado o jejum, siga as instruções específicas do seu médico e/ou do laboratório. Alguns exames requerem de 8 a 12 horas de restrição alimentar e existem também exames sem a necessidade de se fazer jejum, como, por exemplo, teste de gravidez e outros exames sorológicos. Na semana que antecede ao exame, tente ter uma alimentação habitual ou seguir a orientação do profissional que solicitou o exame, caso seja necessário fazer alguma dieta específica. Sempre sane as suas dúvidas sobre o que pode comer, se há necessidade de jejum e siga corretamente as instruções recomendadas.


Certos exames permitem que a pessoa se alimente sem alterações na dieta, ou seja, você pode comer normalmente. Uma dúvida frequente é sobre a ingestão da água no período de jejum e a resposta é sim, você pode ingeri-la, mas pura e em pouca quantidade, pois, assim, não prejudica o resultado das suas análises laboratoriais, como por exemplo dos exames de urina. Boa parte dos exames de sangue necessita de algum tipo de jejum. Porém, segundo o Consenso Brasileiro para a Normatização da Determinação Laboratorial do Perfil Lipídico, já se pode realizar o lipidograma sem a necessidade de jejum, mas para tal deve ser especificado pelo médico esse pedido, tendo em vista que para o colesterol e suas frações o estado alimentado não causa interferentes significativos. Para o triglicérides, baseando-se em uma dieta habitual existe uma elevação pouco relevante em relação ao estado de jejum, flexibilizando-se a coleta desses exames sem jejum. Por tanto, quando houver solicitação de algum exame que exija o jejum, como é o caso da glicemia, recomenda-se que se façam todos os demais exames na mesma condição. Seguindo-se a essa prática, o lipidograma em sua essência tem a orientação de 8 a 12 horas de jejum. Siga a orientação de jejum recomendada e saiba que não há necessidade de ultrapassar as horas sugeridas. Por exemplo: para medir a glicemia, não se deve passar de 12 horas. Se, por algum motivo, você quebrar o jejum, sempre avise o laboratório. Principalmente se o exame é para diagnóstico de diabetes e você tomou um copo de suco de laranja, com certeza esse exame sofrerá alterações.


Se você for adepto a prática de alguma atividade física, é importante evitar exercitar-se antes da coleta de exames laboratoriais, pois, podem ocorrer, por exemplo, no caso do hemograma, elevação do número de leucócitos, e na dosagem de CPK-Creatinofosfoquinase a elevação devido ao dano muscular causado pelos exercícios. A prática de exercícios, principalmente os mais intensos, podem modificar alguns componentes sanguíneos, devido à mobilização de água e outras substâncias no organismo. E lembre: qualquer alimento consumido em excesso na semana que antecede o exame pode interferir no resultado. Após a coleta do material, é permitido se alimentar com um lanche leve ou café da manhã. Sendo possível, inclusive, levar o seu lanche de casa para comer após a liberação.


Procure ter um estilo de vida saudável:

beba água, pratique exercícios regularmente e tenha uma alimentação rica e equilibrada em nutrientes, que é essencial para a longevidade. Concluindo, sempre acesse o site do laboratório (www.citomedpr.com.br), ou faça contato para esclarecer todas as suas dúvidas, e a dica que nunca falha é: siga as orientações dos profissionais da saúde.


Elsa Elisabete Porfirio, Nutricionista CRN8/1246. Graduação pela Faculdade Facibem e

pós-graduada pela UFPR. Co-autora do Livro Estômago Magro Versus Pensamento Gordo.

Ebook: Emagreça de Vez com Reeducação Alimentar

Consultas: (41) 99670 0858 ou elisabetenutricionista@gmail.com

23 visualizações

Para receber nossas dicas mais recentes sobre saúde, assine abaixo

© 2020 Citomed Paraná  • Todos os direitos reservados.